Uma história severina, o sofrimento e a burocracia


Resenha: Uma história severina (Brasil, 2004, 23 min.) é um documentário nacional das diretoras e roteiristas Debora Diniz e Eliane Brum , que já ganhou mais de 20 premiações nacionais e internacionais. Contando a história da pernambucana Severina Ferreira, que teve seu destino afetado por uma decisão do STF.

 Em Junho de 2004 a Confederação Nacional dos Trabalhadores na Saúde (CNTS) entrou com uma ação em defesa do aborto em casos de gravidez anencefálica, em nome da “antecipação terapêutica do parto”, quando não há defesa a vida, uma vez que o bebê acaba por morrer nestes casos.

O então ministro-relator Marco Aurélio Melo, deu liminar de autorização a interrupção da gestação anencefálica, em 1° de Julho de 2004. No entanto, menos quatro meses depois , a liminar foi derrubada oficialmente (por 7 votos a 4) na noite de 20 de Outubro. E é justamente nesta noite que se encontrava internada no interior de Pernambuco Severina Ferreira, à espera da intervenção de sua gravidez.

 A obra conta friamente, sem cortes, o sofrimento da família que teve seu cotidiano afetado pelas “pequenas mudanças” de leis, liminares e autorizações emitidas diariamente em Brasília. E do quanto uma decisão protelada e 3 meses de burocracia, à espera de um aval da justiça para um aborto, gera sofrimentos que não chegam aos olhos dos legisladores.

 Uma história severina é a história de muitas severinas, de muitas mães. Se encontra disponível integralmente no Google vídeos.

Anúncios

Sobre UnderlinePV

"Sei o que faço, Amo o que faço e faço bem" Paulo Victor Fanaia é Graduado em Jornalismo pela Universidade Federal de Ouro Preto-MG
Esse post foi publicado em Matérias. Bookmark o link permanente.

Deixar um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s