Carta Aberta aos Companheiros do MST


Gostaria de registrar aqui meu total agradecimento e minha mensagem positiva aos companheiros do Movimento Sem Terra.

Em meio à luta dos servidores da Sanecap de Cuiabá-MT, da Frente de Luta dos estudantes, dos CA´s da UFMT, da UNE Pela Base, da CUT, da Base do PT, dos estudantes secundaristas e de nosso Companheiro Vereador Lúdio Cabral (PT), contra uma privatização escandalosa e desenvergonhada de nosso atual (e ainda por pouco tempo) prefeito Chico Galindo e seu braço direito, o Presidente da Câmara dos Vereadores (por incrível que pareça) Julio Pinheiro, que aqui deixo registrado minha moção de apoio e carta de agradecimento aos camaradas do MST de Mato Grosso, que conheci nestes dias de luta. 

Na Terça-Feira (23), a Câmara aprovou a votação da privatização para Quinta-Feira (25) e restava-nos apenas dois dias para organizarmos um “ataque” eficaz, uma manifestação que conseguisse barrar , frear esta votação.

Quando então conseguimos o apoio que precisávamos. Os batalhadores do MST , advindos de várias cidades de Mato Grosso que estão acampados em frente ao INCRA da capital, ocupados com suas lutas, se dispuseram a comprar nossa briga e nos orientar nesse momento precioso e decisivo para nós.

Ali, cara a cara com eles , conversando , vi toda a boa vontade do mundo e nos olhos a  sinceridade com que eles, com sua organização, experiência, conhecimento de lutas e estratégias somadas às centenas de companheiros da Sanecap que disponibilizaram barracas, conseguimos erguer um grandioso acampamento na Quarta-Feira à noite.

Era o ataque inesperado que deu certo. A mídia se mobilizou em torno de nós, pudemos nos abrir com a população, expor nossa luta frente às propagandas milionárias que a prefeitura vem fazendo com dinheiro público, bem como nos prontificarmos pela manhã já na porta da “casa do povo”.

Fiquei imensamente feliz em chegar ao local para montar minha barraca (gentilmente cedida por um amigo da Sanecap), e me deparar com uma verdadeira estrutura de luta. Havia além das muitas barracas , bandeiras , pessoas jogando baralho, estudantes reunidos, alguns companheiros conversando , discutindo as estratégias do dia seguinte, as mulheres do MST que com muito carinho nos prepararam café, janta, “quebra torto” de madrugada e sanduíches pela manhã para agüentarmos a batalha. 

Não , senhores , não era luxo algum , era o básico que precisamos para viver dignamente e foi esse básico que eles tinham e que compartilharam conosco e tive muito orgulho de tomar do café deles.

Além das instruções que recebemos para que tomássemos as melhores decisões no modo como deveríamos nos movimentar naquele dia, de modo que alcançássemos a vitória.

E, no dia seguinte pela manhã com a chegada dos estudantes cuiabanos em peso, via tanta luta, tanta mobilização, das mais de 300 , 400 pessoas que lá estavam agitando, batendo bumbo , soltando rojão, apitando e gritando palavras de ordem , não restou outra solução aos vereadores que abandonar a votação e bater em retirada.

E é desse modo que agiremos até que a Vitória seja Nossa, seja do POVO!

Agradeço o apoio que obtivemos do Movimento Sem Terra e deixo aqui registrado meu prazer em tê-los conhecido pessoalmente.

 Eu apoio o MST

Desejo-lhes muitas lutas e muitas vitórias, companheiros!

Paulo Victor Fanaia Teixeira

Anúncios

Sobre UnderlinePV

"Sei o que faço, Amo o que faço e faço bem" Paulo Victor Fanaia é Graduado em Jornalismo pela Universidade Federal de Ouro Preto-MG
Esse post foi publicado em Matérias. Bookmark o link permanente.

3 respostas para Carta Aberta aos Companheiros do MST

  1. genadir disse:

    muito bom mesmo companheiro, com certeza um dia vamos vencer essa batalha, unificando a classe tramalhadora o mesmo problema que tem na cidade é o mesmo no campo o inimigo é o mesmo. A metade da sociedade não dorme porque sente fome, a outra metade não dorme, porque tem medo dos que têm fome. “Josué de Castro”

    Curtir

  2. Anônimo disse:

    PT + MST+PT +Une pela Base+PT+CUT+PT+Lúdio Cabral+Emotividade exagerada= Disputa a prefeitura de Cuiabá. Vamos ver o desfecho desse “empenho”.

    Curtir

Deixar um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s