Não deixem estar, Ocupa Cristo Rei


10245289_796647780399569_6788151318629646949_n

Quando ligamos para a Prefeitura de Várzea Grande, hoje encabeçada por Lucimar Campos, a musica que toca, quando transferem a ligação, é uma clássica canção de 1969 dos Beatles, “Let It Be”; que repete em seu refrão: “deixe estar, deixe estar”. Já os jovens do bairro Cristo Rei não fazem coro a este refrão e prometem não deixar o “Ferreirão” no chão. O que era o abandonado Ginásio Poliesportivo Alibel Ferreira da Silva, transformou-se, para a população da região, no “Ocupa Cristo Rei Skate Parque”. Com vida nova e nas mãos de uma galera que promete mudar o sistema, o local goza de inúmeros eventos esportivos e culturais. Mas hoje, tornou-se centro de um conflito. É que a Prefeitura, com base no parecer do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de Mato Grosso (CREA-MT), que condena a estrutura, promete instalar ali uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA). O local deve ser demolido em poucos dias.

“O espaço se encontrava abandonado há quase uma década, hoje encontra em ótimo estado, com apenas alguns problemas, que estávamos solucionando. Mas, o local se encontra aberto e ativo, com diversas atividades, eventos culturais e aulas esportivas como nunca antes teve”, argumenta Tiago, um dos organizadores do movimento, que cita exemplos, “capoeira, boxe, skate, bicicleta, MMA, cinema, biblioteca, oficias, já fizemos varias arrecadações de alimentos nos campeonatos de skate, shows de rap e de rock”. Que destaca que os eventos são para público infanto-juvenil, com acompanhamento de adultos, pais e responsáveis, além de todas as aulas serem ministradas por profissionais.

Para ajudar na empreitada, denuncia Tiago, “nunca houve uma aproximação da prefeitura. Desejam manter o local abandonado, sucateado e exposto a especulação imobiliária. Local profícuo para velhas promessas de campanha, ainda mais agora que estamos em ano de eleições”, aponta, e lamenta. “Estão querendo nos jogar na rua de qualquer jeito”.

Os jovens que freqüentam o local avaliam: “A importância do movimento vem para suprir a falta de ações sociais do estado, nas comunidades. Vivemos um completo abandono, que resulta apenas em mais desigualdade, mais violências, prisões e mortes de jovens das periferias. Pois o único benefício que chega a nós, por vias legais, são as contas e as opressões das polícias militar, e civil. Então sem esperar por eles, exercemos a autogestão”.

Ataques:

O “Ocupa Cristo Rei Skate Parque”, destaca o movimento, já possui biblioteca própria, com centenas de livros obtidos por doações de populares simpáticos à idéia. Entretanto, no fim de dezembro, o local foi invadido e atacado, tiveram livros queimados e parte do teto arrancado.

Além disso, há três dias o local sofreu outro ataque, incluindo a destruição de outra parte do teto. O bebedouro, adquirido por esforço próprio e usado pelos jovens, desapareceu.

O CREA:

A vistoria técnica foi realizada no dia 19 de novembro de 2015, pela coordenadoria de Fiscalização Preventiva Integrada (FPI) do CREA-MT, sob o relatório técnico nº 030/2015, e aponta que a estrutura não está adequada. Conforme trecho do documento, “…considerando que a estrutura está completamente comprometida, oferecendo riscos de possível desabamento. Sugerimos que o Ginásio seja demolido, e que seja construída outra edificação…”.

A Prefeitura:

Segundo o secretário de Viação, Obras e Urbanismo, Luiz Celso de Moraes, “todos os cuidados necessários e também de verificar o que pode ser aproveitado de material que faz parte do patrimônio público. Iniciamos um processo de retirada desses bens para então proceder com a demolição”.

O secretário de Governo, Juarez Toledo Pizza, disse que no local será edificada uma Unidade de Pronto-Atendimento, UPA-24 horas, que atenderá a demanda de saúde de todo o Cristo Rei. “O local é estratégico, de fácil acesso a todas as regiões que formam o grande Cristo Rei”.

O secretário promete que a comunidade local irá ter uma área de lazer, um novo ginásio poliesportivo com espaço adequado para a prática esportiva. “A partir do momento que o Ferreirão foi condenado, a prefeitura passou a buscar uma área para abrigar um novo complexo, que será moderno e que com certeza vai atender à população por muitos anos e de forma segura”, assegura Juarez.

Histórico:

O local tornou-se centro esportivo e cultural em 2013.

Enquanto prefeito, Walace Guimarães, destacou após acordo realizado com os jovens, em março de 2015, que “é de fundamental importância revitalizar o local, oferecendo mais uma opção de lazer e cultura para o município”. Os jovens destacaram: “Queremos que a sociedade saiba que nós não estamos aqui para destruir patrimônio público, estamos aqui unidos pela conservação e trabalhamos unidos para isso acontecer”, e destacaram que tiveram que fazer uma verdadeira operação de limpeza e o espaço foi restaurado para garantir condições de uso.

Opinião:

Por “melhores” que sejam as intenções. Os homens públicos de Várzea Grande precisam compreender que política não se faz com coisas… facilmente removíveis ou “demolíveis”. A política é feita de gente de carne e osso, que precisa ser ouvida e respeitada.

Pode ser que, de fato, o prédio estivesse condenado, há 1 ano ou 2, mas certamente o problema não é esse. O problema é a juventude pobre e negra, nas periferias do Brasil, que estão condenadas há mais de 500 anos.

E quanto aos jovens do Ocupa Cristo Rei, fica o trecho dos Beatles:

“Pois embora possam estar separados há Ainda uma chance” , mas ignorem o resto da música. Não “deixem estar”.

A lição que vocês deixam é perigosa. Quando o Estado é ineficiente, o poder popular se instaura: O risco é o da percepção. Vai que um dia, por exemplo, o povo se dá conta que não precisa, da Casa Grande, autorização?

Folha de Capa e seus artigos é um produto independe e não possui relação com as publicações profissionais do autor.  
Anúncios

Sobre UnderlinePV

"Sei o que faço, Amo o que faço e faço bem" Paulo Victor Fanaia é Graduado em Jornalismo pela Universidade Federal de Ouro Preto-MG
Esse post foi publicado em Matérias. Bookmark o link permanente.

Deixar um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s